Alice Sebold

Olá pessoal!!
Hoje vim fazer um post sobre uma escritora que eu gosto muito, eu não sei bem, mas acho que muitas pessoas não a conhecem. Gosto dos livros dela porque são profundos, e você sente o personagem, por tudo que ele está passando, pensando (bom comigo foi assim ).
Eu ia traduzir do wikipedia (ainda não tem nada sobre ela no em português), mas encontrei no skoob alguém que já tinha feito essa tradução. :)

Alice Sebold cresceu no subúrbio de Filadélfia e estudou na Great Valley High School, na Pennsylvania.
Em seguida, matriculou-se na Universidade de Syracuse e quando estava terminando seu primeiro ano, foi estuprada enquanto voltava para casa, em um parque perto do campus. (Esta história foi relatada em seu primeiro livro: de memórias, estilo autobiográfico, intitulado “Sorte”, lançado originalmente em 1999).
Após a formatura de Syracuse, Sebold foi para a Universidade de Houston, no Texas para o ensino de pós-graduação, o qual ela não completou, devido ao seu envolvimento com drogas.
Então, ela se mudou para Manhattan e lá viveu por 10 anos, onde realizou diversos trabalhos, inclusive como garçonete e tentou prosseguir a sua carreira de escritora. Sebold queria escrever a sua história através da poesia, mas as tentativas fracassavam.
Sebold deixou a cidade e se mudou para o sul da Califórnia, onde se tornou zeladora de uma colônia de artes, vivendo em uma cabana na floresta, sem eletricidade. Ela escrevia com o auxílio de uma lâmpada a gás.
Novamente Sebold iniciou nova pós-graduação, desta vez na Universidade da Califórnia. Lá ela começou a escrever sua história, ao fazer um trabalho de 40 páginas para a sua classe, o qual mais tarde serviria de base para seu primeiro livro (“Sorte”).
Depois de “Sorte”, Sebold publicou, em 2002, o best-seller “Uma vida interrompida”. O livro é um romance sobre uma menina de 14 anos que é assassinada pelo vizinho. O personagem principal conta sua história do Céu, olhando para baixo quando sua família tenta lidar com a morte dela e enquanto seu assassino escapa da polícia. Este romance foi adaptado para um filme de 2009, de Peter Jackson, chamado “Um olhar do Paraíso”.
Enquanto Alice trabalhava em “Uma vida interrompida”, ela conheceu o marido Glen David Gold, na faculdade.
O segundo romance de Sebold, “Quase noite”, foi lançado em 2007.
Sebold ganhou o American Book Associação de Livreiros do Ano de Ficção Adultos em 2003 e o Prêmio Bram Stoker pelo primeiro romance em 2002.
Ela também foi indicada na categoria romance naquele ano.

Eu já li dois dos seus três livros publicados, acabei de comprar o terceiro e estou louca pra ler. Vou colocar uma sinopse de cada livro para vocês conhecerem melhor.

Essas são as capas de como foram lançados nos EUA.

Alice Sebold conta a história do estupro que sofreu na universidade. A história se destaca entre tantas do mesmo teor autobiográfico pela verve da autora, que contextualiza muito bem o impacto que o acontecimento teve em sua vida. Vinda de uma família esquisita, mas razoavelmente estruturada, Alice deixa a bolha de proteção familiar para ir à universidade. Começa aí uma batalha para voltar a pertencer a si própria e superar todas as conseqüências do que aconteceu. O livro também cobre as dificuldades de um processo por estupro e as pressões que suas vítimas enfrentam. Mas o principal é o insight da mente de uma pessoa que luta para não se considerar uma vítima apesar de tudo o que sofreu, em uma linguagem às vezes quase seca, às vezes quase delirante, mas sempre honesta.

A história de Susie Salmon, quando começa a se desvelar na sua frente, faz os compromissos, assim como os amigos, a família, a fome, o sono e até o celular tocando, parecerem bem pouco interessantes e menos urgentes. Os ossos do título em inglês não são os restos de Susie, a menininha que conta a história depois de morta. São a estrutura sobre a qual a vida é construída. Outra audácia é a de colocar Susie Salmon no céu. Sim, é para cima que vai nossa protagonista. E é para baixo que ela olha, com olhos atentos, enquanto conta a história de sua família , agora traumatizada, de como seu assassino planeja os detalhes minuciosamente para não ser descoberto, de como a polícia não tem nenhuma pista sobre como chegar a ele. A partir daí ela conta que, por estar inconformada com sua morte precoce, e um tanto entediada com a vida no Céu, decidiu acompanhar como sua família, amigos e o próprio assassino continuaram suas vidas após a tragédia.

Um assassinato declarado nas primeiras páginas e uma trama que mescla presente e passado mostram todo o sofrimento, os conflitos e as desilusões de Helen, uma mulher capaz de dar fim à vida da própria mãe. Uma narrativa que trata com sagacidade um tema sombrio e delicado, que guarda segredos e dramas capazes de se transformar em terríveis tragédias.
Eu ia colocar uma foto com os meus livros dela, mas o meu Uma vida interrompida eu emprestei para uma amiga já faz um bom tempo e preciso pegar de volta pois esse livro não está muito fácil de encontrar.
Eu achei o filme pra baixar, agora vou assistir pra ver como ficou essa adaptação, mas como já li uma vez “nunca julgue um livro por seu filme”. Então quem assistir o filme, se tiver uma chance leia o livro também :)
Vou colocar o trailer do filme também

Espero que tenham gostado do post.

Beijinhos
Anúncios

Um comentário sobre “Alice Sebold

  1. Adorei o post, Ale!Como já te disse, não conhecia a história nem os livros de Alice Sebold e estava bem curiosa para ler esse seu post.Que complicada a história de vida dela. Que bom que ela conseguiu encontrar na escrita uma forma de superar essas coisas.Achei as histórias dos 3 livros bem interessantes, mas não sei se são leituras que pretendo fazer em muito breve :P sou daquelas pessoas que ficam muito envolvidas com os livros enquanto lê e que também fica muito impressionada :Pbeijinhos, chuhcu

    Curtir

Deixe um comentário, que eu responderei aqui com muito carinho!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s